UpFish é a grande vencedora da Start Jerusalem Brasil 2017

A startup UpFish, de São Paulo, foi a grande vencedora da competição Start Jerusalem Brasil 2017! O prêmio é uma viagem a Israel para uma imersão de uma semana no ecossistema de startups israelense com empreendedores vencedores de outros 30 países!

A vencedora foi escolhida ontem, no MobiLab, por uma banca de jurados formada pelo Coordenador da Plataforma de Inovação da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia, Vitor Cipriano de Fazio, a Diretora da Anjos do Brasil, Maria Rita Spina Bueno, a Diretora de Business Development da Missão Econômica do Consulado de Israel em São Paulo, Luciana Detoni, o professor Gilberto Sarfati, que dá aulas de empreendedorismo na FGV e é gestor da aceleradora GVentures e pela sócia-investidora da Startupi, Beatriz Nunes. Também eram finalistas as startups OnBoard, Solve IoT e TWS Surgery Lab.

A UpFish é uma plataforma de inteligência para a aquicultura que tem como objetivo tornar as produções de peixes e camarões mais eficientes e eliminar a defasagem técnica dos produtores. O equipamento IoT permite a medição das variáveis da água e o cruzamento com nossa inteligência para gerar economia e segurança aos produtores rurais através da Aquicultura de Precisão.

Na foto, a equipe da UpFish, composta por Ian Oliveira, Alfredo Cavalcante e Elton Soares, recebe o prêmio do Vice-Cônsul Geral de Israel, Orni Ringer!

vencedores

A Start Jerusalem Brasil é uma realização do Consulado Geral de Israel em São Paulo em parceria com as Secretarias Municipais de Mobilidade e Transporte e Inovação e Tecnologia, a Anjos do Brasil e a Startupi, parceira de mídia que também premiou vencedora com a veiculação gratuita de um publieditorial no portal e nas redes sociais da startupi, somando mais de 200 mil acessos e seguidores, e uma entrevista em vídeo lá em Jerusalém durante a visita.

Confira mais fotos do evento:

Anúncios

Conheça as startups finalistas da Start Jerusalem Brasil 2017

Quatro startups estão concorrendo a uma viagem a Israel conhecer o ecossistema de startups da Nação Empreendedora! Confira quem são elas:

OnBoard

OnBoard é um meio de pagamento capaz de integrar, em escala global, o sistema de transporte urbano de passageiros, permitindo que o usuário tenha acesso a diversos modais e serviços através de um único dispositivo: seu smartphone.

Solve IoT

A Solve IoT é uma empresa focada no desenvolvimento de soluções em Internet das Coisas para otimização de logística e monitoramento remoto. Atualmente, a Solve desenvolve um sistema para otimizar a logística de coleta de resíduos para cidades que utilizam a conteinerização, afim de reduzir os custos operacionais.

TWS Surgery

A empresa TWS Surgery Lab tem por objetivo possibilitar meios para a realização de treinamentos de procedimentos invasivos e cirúrgicos na área médica e odontológica voltado para a formação de alunos e residentes das mais diversas especialidades. Nós apostamos em soluções simples e muito baratas que possibilitem às mais diversas instituições oferecerem as experiências mais reais possíveis aos seus aprendizes, sem deixar de pensar na adequação humanística e bioética que a área de treinamento cirúrgico experimental esta envolvida. Para alcançar esses objetivos a TWS Surgery Lab lança o seu primeiro dispositivo Hertzlev-1, que consiste em um bombeador de sangue artificial que deve ser conectado aos vasos arteriais e venosos de modelos animais não vivos, mantendo a perfusão sanguínea, sangramento e temperatura do tecido semelhante à de um tecido vivo. Um coração artificial!

UpFish

A fim de tornar as produções de peixes e camarões mais eficientes e eliminar a defasagem técnica dos produtores, UpFish surge como uma plataforma de inteligência para a aquicultura. Nosso equipamento IoT permite a medição das variáveis da água e o cruzamento com nossa inteligência para gerar economia e segurança aos produtores rurais através da Aquicultura de Precisão.

Venha conferir a apresentação dos projetos e torcer pela sua startup preferida no dia 18 de setembro, às 18h, no MobiLab (rua Boa Vista, 136, Mezanino, Centro, São Paulo).

Clique aqui para se inscrever no evento!

convite maior-1

 

 

 

Start Jerusalem Brasil 2017

Regulamento Start Jerusalem Brasil 2017

REGULAMENTO PARTICIPAÇÃO DO CONCURSO:

O Concurso Start Jerusalem Brasil 2017 é uma iniciativa de fomento ao empreendedorismo inovador e ao investimento do Consulado Geral de Israel em São Paulo, cujo funcionamento é regido pelo presente regulamento.

Objetivo

Os objetivos do Start Jerusalem Brasil 2017 são:

  • Fomentar o ecossistema brasileiro de startups,
  • Promover a criação de empresas inovadoras,
  • Aumentar a visibilidade do mercado de startups para o público em geral,
  • Divulgar o investimento anjo e outras fontes de financiamento e formas de acesso a capital para startups.
  • Divulgar o empreendedorismo tecnológico israelense e fomentar a troca de experiências nessa área entre Brasil e Israel.

Participação

  • A participação é de caráter exclusivamente cultural, sendo voluntária e gratuita.
  • Podem participar pessoas físicas com projetos de empresa ainda não constituídas ou empreendedores com empresas em estágio inicial (startups) com até 36 meses de existência nas áreas de IOT- ICT, mobile e web. As companhias devem ser privadas e não podem fazer parte de uma empresa maior.
    • “Startups são um conjunto de empresas iniciantes – nascentes e novas – caracterizadas pelo uso intensivo em inovação, seja em modelo de negócios ou pautados em pesquisa e desenvolvimento tecnológico, que se encontram em uma etapa temporária e passageira na qual buscam recursos para identificar, amadurecer e expandir seu modelo de negócio” (TORRES-FREIRE; MARUYAMA; POLLI,  2016).
  • Os projetos de negócios submetidos devem ter um planejamento bem estruturado, ser inovadores (no produto, no processo, na tecnologia ou no modelo de negócio), ser escaláveis e ter como meta mínima atuar em todo o mercado brasileiro.
  • Os organizadores se isentam de quaisquer custos que os participantes venham a ter relativos à sua participação ou permanência no concurso, exceto os referentes a despesas de transporte e estadia no local da final do concurso, caso o(a) finalista não seja de São Paulo.
  • Os(as) participantes cedem o direito de divulgação de sua participação aos organizadores, que poderão divulgá-la em qualquer mídia com temática relacionada ao concurso.
  • O(a) vencedor(a) deve possuir passaporte com validade mínima de seis meses contados a partir de novembro de 2017.
  • O(a) vencedor(a) deve falar inglês nível avançado/fluente para poder aproveitar as palestras/atividades em Israel.
  • A inscrição no presente concurso implica na aceitação ampla e total deste regulamento.

Inscrição

  • As inscrições serão feitas pelo e-mail startjerusalembrasil@gmail.com, com informações disponíveis no endereço eletrônico https://startjerusalembrasil.wordpress.com/, no período indicado no cronograma abaixo, por meio de:
  • Preenchimento do formulário de inscrição contendo os dados completos da participante responsável pela inscrição e pela participação em todas as etapas do concurso. Além disto, é necessário:

1 – Elaboração de vídeo de até 2 (dois) minutos (não serão considerados mais de 2 minutos de vídeo), em inglês, descrevendo a ideia de sua startup.

2 – Preenchimento de formulário eletrônico contendo respostas às seguintes perguntas:

  • Qual é o conceito de seu negócio? (descrevendo o problema, como será resolvido, qual é a oportunidade e qual é a vantagem competitiva desta solução)
  • Quem são seus clientes potenciais (mercado-alvo)?
  • Que necessidade destes clientes é atendida e como seu negócio atende esta necessidade?
  • Qual é a inovação?
  • Quem são seus concorrentes diretos e/ou indiretos (i.e. aqueles que hoje suprem de alguma forma a necessidade)?
  • Qual é o mercado que atingirá? (tamanho, segmento, etc.)
  • Como espera gerar receita?
  • Qual é a experiência dos empreendedores? (histórico)
  • Qual é o estágio de seu negócio? (ideia, protótipo, pré-operacional, operacional, etc.)
  • Qual é o valor do investimento?

Campos a serem preenchidos:

  • Nome do empreendedor:
  • CPF:
  • Razão social da empresa (se existente)/Nome Fantasia/Nome do Projeto:
  • Website (opcional) :
  • CNPJ (opcional) :
  • Data de fundação/início:
  • Endereço:
  • Cidade:
  • Estado:
  • Telefone de contato:
  • E-mail de contato:
  • Descreva Sumariamente o seu Negócio – Pitch em até 30 palavras:
  • Tipo de Negócio: (opções: Indústria, Comércio, Prestação de Serviços, Agricultura/extrativismo)
  • Qual é o produto ou serviço? (200 caracteres)
  • Qual é o seu mercado final? (100 caracteres)
  • Tamanho do seu mercado: qual é a quantidade de potenciais clientes que sua empresa poderá prospectar nos próximos dois anos? Relacione os seus principais concorrentes diretos e indiretos (incluindo site dos mesmos) (100 caracteres)
  • Descreva sua Inovação/Diferencial/Vantagem competitiva em relação aos demais concorrentes. (200 caracteres)
  • Como são geradas as receitas? (100 caracteres)
  • Qual é o estágio de seu negócio? (campo de múltipla escolha: ideia – projeto/plano pronto – protótipo pronto – em operação)
  • Número de sócios:
  • Quem são os sócios atuais? (nome, Linkedin e função)
  • Qual é o seu faturamento acumulado nos 12 últimos meses?
  • Qual é o investimento necessário?
  • Recebendo este investimento neste ano, quanto estima faturar em 2017?

———-

  • Os projetos enviados devem ser de propriedade intelectual e/ou industrial de seus proponentes. Apenas devem ser enviados documentos e informações que não sejam sigilosos e que não se configurem como segredo de negócio.
  • Após o preenchimento e envio de documentos, eles não poderão ser alterados ou substituídos.
  • O não cumprimento dos prazos estipulados para inscrição, preenchimento incorreto ou incompleto e não envio de documentos solicitados acarretarão na eliminação automática do projeto do concurso.
  • As informações contidas no questionário e demais documentos e vídeos enviados serão consideradas de domínio público, podendo ser divulgadas nas diferentes etapas do concurso.

Competição

  • O presente concurso tem caráter nacional.
  • Os projetos enviados serão selecionados por uma comissão julgadora que realizará seleções eliminatórias em todos os projetos inscritos.
  • A comissão julgadora será definida pelos organizadores e é soberana em suas decisões, não cabendo recursos ou apelação em hipótese alguma. Os membros da comissão julgadora assumem, automaticamente, o compromisso ético de sigilo em relação às informações privadas às quais tem acesso.
  • Os critérios de seleção são:
    • Problema claramente delineado e real.
    • Solução inovadora (radical, disruptiva ou incremental) que responde ao problema delineado.
    • Potencial de mercado ou de impacto.
    • Escalabilidade e capacidade de internacionalização.
    • Perfil do empreendedor e experiência da equipe, de ao menos duas pessoas.
    • Potencial de realização: estágio atual da empresa (comprovação do modelo, parceiros, clientes, premiações)
  • Cada critério receberá uma nota entre 0 e 10, sendo a nota final a média simples das notas dos quesitos.
  • Cada trabalho será avaliado por pelo menos 2 (dois) membros da comissão avaliadora.
  • Em caso de empate de notas será adotado o seguinte critério de desempate:
    • Maior nota no critério inovação
    • Maior nota no critério perfil do empreendedor
    • Maior nota no critério potencial de realização
  • A seleção se dará em duas etapas:
    • 1ª. Etapa – Seleção:
      • Serão selecionados de três a cinco projetos para se apresentar no evento da final do concurso.
    • Os finalistas serão informados por e-mail e/ou telefone e o resultado será divulgado no site do concurso.
    • 2ª. Etapa – Evento final:
  • Os finalistas se reunirão em São Paulo, no dia 18 de setembro de 2017, em horário a ser definido, onde apresentarão seus projetos em um pitch de 5 (cinco) a 7 (sete) minutos seguidos por até 5 (cinco) minutos de perguntas e respostas, para a banca avaliadora, que será responsável pela definição final dos vencedores da competição.
    • Despesas com deslocamento (intermunicipal ou interestadual) e hospedagem (apenas uma diária) ocorrerão por conta do concurso, caso o(a) participante não seja de São Paulo.
  • Será eliminado(a) o(a) candidato(a) finalista que não participar do evento final.

Agenda

Período de inscrição – de 4 de agosto a 4 de setembro de 2017

Divulgação dos 3 a 5 finalistas – 12 de setembro de 2017

Final com apresentação (pitch) dos finalistas e evento de premiação – 18 de setembro de 2017, em São Paulo (SP).

Premiação

A premiação para o(a) primeiro(a) colocado(a) será uma viagem a Jerusalém, em Israel, de 5 a 11 de novembro de 2017, para participação no evento Start Jerusalem 2017 com vencedores do concurso em outros 30 países. As despesas serão todas cobertas pelo Ministério das Relações Exteriores de Israel.

Disposições gerais

  • A comissão organizadora se reserva o direito de resolver os casos omissos, dúvidas, divergências ou situação não previstas por este regulamento.
  • A comissão não se responsabiliza por e-mails enviados e não recebidos pelos participantes, nem por eventuais problemas técnicos que ocorram durante o preenchimento do formulário e envio de documentos.

Sobre o concurso Start Jerusalem 2017

Para celebrar o jubileu de Jerusalém, o Ministério das Relações Exteriores de Israel, o Ministério dos Assuntos de Jerusalém e a Autoridade de Desenvolvimento de Jerusalém vão introduzir uma nova iniciativa que colocará em posição proeminente Jerusalém como a cidade tecnológica mais rapidamente desenvolvida da Nação Empreendedora, fazendo seu papel em um dos principais objetivos do Estado de Israel.

Esta iniciativa incluirá uma Competição Internacional de Startups que será organizada pelas Embaixadas e Consulados de Israel e parceiros locais em 30 países.

O(a) vencedor(a) de cada país viajará para Israel para participar de um programa de aceleração único e prestigiado para novas empresas de tecnologia que irá expor os participantes ao inovador e vibrante ecossistema de alta tecnologia de Israel.

Cada vencedor será acompanhado de um importante jornalista de tecnologia que informará sobre sua odisseia israelense e a inovadora comunidade de alta tecnologia em Israel, com foco em Jerusalém.

Em cada um dos 30 países cuidadosamente selecionados pela Autoridade de Desenvolvimento de Jerusalém e pelo Ministério das Relações Exteriores de Israel, a Embaixada ou Consulado de Israel receberá uma competição de startups de acordo com as regras e regulamentos a serem estipulados pela Autoridade de Desenvolvimento de Jerusalém e pelo Ministério das Relações Exteriores.

Uma startup de cada país sairá vencedora das competições internas. Os CEOs das 30 empresas vencedoras premiadas receberão um voo para Israel para participar de uma oficina de aceleração de prestígio de cinco dias em um acelerador líder em Jerusalém, em cooperação com as principais empresas israelenses. A programação completa desta viagem constitui o anexo 1 do presente documento.

Durante a sua permanência em Israel, os CEOs receberão oficinas de orientação e profissionais, reuniões com fundos de capital de risco e empreendedores locais, e serão expostos ao inovador ecossistema de Israel.

Além dos CEOs das empresas vencedoras que viajam para Israel, um jornalista da editoria de tecnologia de cada um dos países participantes visitará Israel por cinco dias.

Um programa paralelo será organizado para esses jornalistas. Além de acompanhar os vencedores nos eventos centrais, eles visitarão as indústrias israelenses de alta tecnologia e realizarão reuniões com os principais atores do inovador ecossistema israelense.